DESCUBRA UM SEGREDO ORIENTAL DE AUTO-CURA PARA ELIMINAR AS DORES NA COLUNA, MESMO QUE VOCÊ ACREDITE QUE SEU CASO NÃO TEM MAIS SOLUÇÃO.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

DE 04 A 10 DE JULHO - ONLINE E GRATUITO


O que você vai aprender:

OS MAIORES ERROS QUE VOCÊ

PODE ESTAR COMETENDO

SEM SABER

Você aprenderá quais são os 3 pilares essenciais para ter um tratamento natural completo, sem precisar se preocupar mais com problemas na coluna.


Você vai ver que qualquer pessoa, de qualquer idade e independente do diagnóstico, poderá se curar se aplicar esses 3 passos simples.

OS 3 PILARES PARA UM TRATAMENTO EFICAZ

Nessa aula prática eu vou te mostrar o passo a passo para tratar suas dores na cervical, lombar e torácica sozinho(a), de forma 100% natural.


Você vai ver que apenas massageando pontos relacionados no seu corpo, conseguirá ter um alívio imediato das suas dores.


O PASSO A PASSO COMPLETO

Normalmente quem tem dores na coluna, acaba cometendo alguns erros graves achando que essas formas de tratamento estão corretas.

Esses erros podem fazer piorar suas dores e criar novos problemas em sua vida.

Você descobrirá quais erros são esses e como evitá-los.

Além das aulas, você receberá vídeo-aulas exclusivas, conteúdo complementar em PDF de cada aula para você imprimir e consultar quando quiser.

E haverá mais algumas surpresas para quem participar das aulas.

MATERIAL COMPLEMENTAR

Paula Guimarães

Criadora do método - Viva em Paz com sua coluna.

É professora e terapeuta corporal há mais de 30 anos.

Em 1986, foi para o Japão estudar shiatsu e terapias orientais, onde se formou, morou e trabalhou voluntariamente na escola do Sensei Masahiro Oki, o Oki Do Yoga International Institute, aos pés do Monte Fuji, em Mishima, no Japão.

Sua missão hoje é ajudar pessoas a tratarem suas dores na coluna através das terapias orientais.

Copyright 2022 - Terapeuta Paula Guimarães - Todos os Direitos Reservados

“Este evento não substitui o parecer profissional. Sempre consulte um profissional da saúde para tratar de assuntos relacionados à saúde.”